Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora ...

Há pequenos instantes de vida que preenchem o momento. O instante foge. Eternizam-se ou passam despercebidos. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

29
Abr19

se a água cai gota a gota

DSC03093

 

Se a água cai gota a gota

Nas palmas da noite,

Nós dizemos solidão,

Remorso, infância imolada,

Quando são, em língua de água,

Coisas de água que se dizem,

Coisas de água que se fazem.

 

Se o vento nos roça súbito

Como se fôssemos árvores,

Nós dizemos Profecia,

Eminente veredicto,

Quando é só lufada de ar

A desfazer-se no côncavo 

Do universo vazio.

 

Não há perigo de que as coisas

Pelo seu lado se lembrem

De adotar o alfabeto 

Das nossas metamorfoses.

Elas, antes, nos diriam:

«Bebei, bebei vossas lágrimas,

Enganai a vossa sede.»

 

...

 

Jean Rousselot

 

foto | Porto | março'19

 

27
Mar19

nuvens correndo (num rio) onde vão parar?

1_porto_março

 

Nuvens correndo num rio
Quem sabe onde vão parar?
Fantasma do meu navio
Não corras, vai devagar!

 

Vais por caminhos de bruma
Que são caminhos de olvido.
Não queiras, ó meu navio,
Ser um navio perdido.

 

Sonhos içados ao vento
Querem estrelas varejar!
Velas do meu pensamento
Aonde me quereis levar?

 

Não corras, ó meu navio
Navega mais devagar,
Que nuvens correndo em rio,
Quem sabe onde vão parar?

 

Que este destino em que venho
É uma troça tão triste;
Um navio que não tenho
Num rio que não existe.

 

Natália Correia

 

foto | Porto | março'19

26
Mar19

o melhor (de tudo) é ser feliz!

DSC03104

 

 

 

É tempo de ver o sol, ainda que seja noite,
pois sabemos "racionalmente", que o sol não sumiu,
apenas se escondeu para que a lua se exiba no céu.

 

Então, deixar-se aquecer pela certeza de que a felicidade não sumiu,
apenas deu um tempo para que a tristeza se exibisse,
mostrasse para você que o melhor de tudo é ser feliz,
e que se perdeu um amor, não perdeu a capacidade de amar,
se perdeu um dente, a boca ainda está no lugar,
se perdeu um emprego, a experiência ainda está lá,
se perdeu um parente, outro ficou para cuidar,
se perdeu um sonho, esta noite foi feita para sonhar.

 

Não se perca de você, este sim, é difícil de achar.

 

Paulo Roberto Gaefke

 

foto | Porto | março'19

07
Jun17

Miró no Porto

 

1

 

Mais importante do que a obra de arte propriamente dita é o que ela vai gerar. A arte pode morrer; um quadro desaparecer. O que conta é a semente. 


Joan Miró

 

 

DSC04384

 

 A Fundação de Serralves mostrou pela primeira vez ao público as obras de Joan Miró propriedade do Estado Português. A exposição "Joan Miró: Materialidade e Metamorfose" encerrou ao público no passado domingo, no último dia da edição Serralves em Festa de 2017.

 

 

DSC04316

 

Esta coleção com cerca de 80 trabalhos percorre seis décadas da sua carreira (de 1924 a 1981) identificando a natureza física dos suportes e a elaboração dos materiais como fundamentos da obra plástica de Miró.

 

 

DSC04313

 

A arte de Miró emergiu com o movimento surrealista, uma das principais influências do século XX, que foi por excelência a corrente artística moderna da representação do irracional e do subconsciente.

 

 

DSC04391

 

A mostra, que percorre o rés-do-chão e o primeiro andar da Casa de Serralves, é composta por:

 

 

DSC04333

 

desenhos e outras obras sobre papel,

 

 

DSC04345

 

  diversas pinturas em suportes distintos,

 

 

DSC04326

 

trabalhos em tapeçarias e escultura,

 

 

DSC04339

 

outros realizados com colagens,

 

 

DSC04330

DSC04389

 

uma obra da série “Telas queimadas”,

 

 

DSC04397

 

e pinturas murais.

 

 

DSC04355

 

Uma exposição muito cativante que permitiu a um diversificado público um maior conhecimento da obra de um dos maiores artistas ibéricos.

 

 

DSC04361

 

Um mito compreendido no abstrato sonhador mais rendido.

 

fotos | Exposição "Joan Miró: Materialidade e Metamorfose" - Casa de Serralves | junho'17

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.