Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora ...

Há pequenos instantes de vida que preenchem o momento. O instante foge. Eternizam-se ou passam despercebidos. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

05
Nov16

ir em frente, ir a seguir

IMG_0071.JPG

 

 

Viajar! Perder países!
Ser outro constantemente,
Por a alma não ter raízes
De viver de ver somente!

 

Não pertencer nem a mim!
Ir em frente, ir a seguir
A ausência de ter um fim,
E da ânsia de o conseguir!

 

Viajar assim é viagem.
Mas faço-o sem ter de meu
Mais que o sonho da passagem.
O resto é só terra e céu.

 

Fernando Pessoa

 

♥ FOTO | Cayo Coco - Cuba | agosto'15 ♥

04
Dez15

Sem Palavras

IMG_4655.JPG

 

"Brancas, suaves mãos de irmã
Que são mais doces que as das rainhas,
Hão de pousar em tuas mãos, as minhas
Numa carícia transcendente e vã.

E a tua boca a divinal manhã
Que diz as frases com que me acarinhas,
Há de pousar nas dolorosas linhas
Da minha boca purpurina e sã.

Meus olhos hão de olhar teus olhos tristes;
Só eles te dirão que tu existes
Dentro de mim num riso d’alvorada!

E nunca se amará ninguém melhor;
Tu calando de mim o teu amor,
Sem que eu nunca do meu te diga nada!..."

 

Florbela Espanca

 

 ♥ FOTO | Cayo Coco - Cuba | agosto'15 ♥

 

 

27
Out15

Canta, canta, pássaro preto

IMG_4500.JPG

 

 

Pássaro preto


Canta, canta, Pássaro preto
Canta, canta, em seu ao voar
Canta os versos da alegria
Canta a música do mar.

 

Canta, canta, Pássaro preto
Canta, canta, o que aprendeu no gheto
Suas penas tem um brilho
Sua cor é um forte preto.

 

Canta, canta, Pássaro preto
Canta as matas, canta o mar
Seu maestro é o vento
Sua vida é cantar.

 

Canta, canta, Pássaro Preto
Sabiá, bem-te-vi e pardal
Cantam, numa sintonia
Como se fossem o coral


Reff Carvalho

 

  ♥ FOTO | Cayo Coco - Cuba | agosto'15 ♥

13
Out15

A Esperança

IMG_2377.JPG

IMG_2420.JPG

   

A Esperança

 

"A Esperança não murcha, ela não cansa,
Também como ela não sucumbe a Crença,
Vão-se sonhos nas asas da Descrença,
Voltam sonhos nas asas da Esperança.

 

Muita gente infeliz assim não pensa;
No entanto o mundo é uma ilusão completa,
E não é a Esperança por sentença
Este laço que ao mundo nos manieta?

 

Mocidade, portanto, ergue o teu grito,
Sirva-te a Crença do fanal bendito,
Salve-te a glória no futuro -- avança!

 

E eu, que vivo atrelado ao desalento,
Também espero o fim do meu tormento,
Na voz da Morte a me bradar; descansa!"

 

Augusto dos Anjos 

♥ FOTOS | Cayo Coco - Cuba | agosto'15 ♥

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.