Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora ...

Há pequenos instantes de vida que preenchem o momento. O instante foge. Eternizam-se ou passam despercebidos. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

30
Mai16

pára, escuta e olha

IMG_1896

 

Fim de semana em modo pára, escuta e olha para organizar as ideias, relaxar, meditar e respirar. De volta ao meu refúgio galego, um local de descanso, contemplação e apreciação da natureza. Parar, escutar e olhar em resposta à necessidade de desconectar de toda agitação e turbulência da vida. Um fim de semana repleto de simplicidade onde até a chuva que caía lá fora soube bem. 

 

 

 ♥ fotos | Baiona | maio16 ♥

 

 

09
Mai16

O meu refúgio galego

Existem lugares encantadores e existem lugares cuja simplicidade nos encanta.

 

IMG_1817.JPG

 


No final de mais um dia de trabalho cheio de azáfamas rotineiras partir sem planos para um fim de semana que se quer sem pressas. Parar, escutar e olhar. Aproveitar a paz que nos rodeia para inspirar todas as coisas boas da serenidade que se respira.

IMG_1609.JPG

IMG_1658.JPG

 

 

O parque de campismo de Baiona situa-se em plena praia Ladeira na bonita localidade de Sabaris. É um local muito agradável e tranquilo óptimo para descansar. Devido à beleza da natureza tem uma capacidade quase mágica de nos fazer esquecer onde estamos.

 

IMG_1782.JPG

IMG_1812.JPG

IMG_1681.JPG

 

É certo que não se pode exigir muito de um bungalow de campismo mas quando localizado em frente ao mar toda simplicidade é compensada com um adormecer e acordar ao som do mar e um pôr-do-sol magnífico.
 

IMG_1757.JPG

 

Há lugares mágicos que nos fazem tão bem que nos leva a regressar sempre.

 

 

 ♥ FOTOS |Baiona| maio16 ♥

 

02
Dez15

Toda a selva

IMG_4813.JPG

 

“Eu pertenço à fecundidade
e crescerei enquanto crescem as vidas:
sou jovem com a juventude da água,
sou lento com a lentidão do tempo,
sou puro com a pureza do ar,
escuro com o vinho da noite
e só estarei imóvel quando seja
tão mineral que não veja nem escute,
nem participe do que nasce e cresce.

 

Quando escolhi a selva
para aprender a ser,
folha por folha,
estendi as minhas lições
e aprendi a ser raiz, barro profundo,
terra calada, noite cristalina,
e pouco a pouco mais, toda a selva.”

 

Pablo Neruda

 

♥ FOTO | Baiona | maio'15 ♥

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.