Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

andar por fora ...

Há pequenos instantes de vida que preenchem o momento. O instante foge. Eternizam-se ou passam despercebidos. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

07
Jan18

as janelas

DSC05966

 



Quem olhe de fora por uma janela aberta nunca vê tantas coisas como quem olha uma janela fechada. Não há coisa mais profunda, miste­riosa, fecunda, tenebrosa, perturbante, que uma janela iluminada por uma vela. Quanto se possa ver à luz do sol sempre será de menor interesse que quanto decorra atrás de uma vidraça. Den­tro desse buraco escuro ou luminoso, a vida vive, a vida sonha, a vida sofre. Para além das vagas de telhados, distingo uma mulher madura, já com rugas,claustros convento graça lisboato-me, orgulhoso de ter vivido e sofrido em outros que não eu.

Dir-me-eis talvez: «Tens a certeza de que a lenda é verdadeira?» Que importa o que seja a realidade colocada fora de mim, se ela me ajudou a viver, a sentir que sou e o que sou?

 

Charles Baudelaire

 

foto | Torre de Moncorvo'17 | agosto'17

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.