Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora ...

Há pequenos instantes de vida que preenchem o momento. O instante foge. Eternizam-se ou passam despercebidos. É preciso recomeçar a viagem. Sempre.

26
Jun17

Carnota

DSC04815

  

Carnota é uma simpática aldeia galega pertencente ao concelho de Muros.

 

 

DSC04833

  

A Igreja Paroquial de Santa Comba é o monumento mais representativo de arte religiosa de Carnota.

 

 

DSC04826

 

 O "igrexario de Carnota", localizado na horta da Igreja, é composto por um pombal... 

 

 

DSC04820

 

...e por um enorme espigueiro do século XVII com 34 metros de comprido, declarado Monumento Nacional.

 

 

DSC04823

 

 Assente sobre onze pares de colunas são os depósitos de grão e armazenamento hortícola mas comprido da Galiza.

 

 

DSC04813

 

A praia de Carnota é a mais comprida da Galiza com cerca de sete quilómetros de extensão. Uma praia irresistível de areia imaculada e água pouco profundas rodeado por um conjunto único de dunas, marismas e lagoas.

 

DSC04808

 

Uma das praias mais virgens e de grande beleza de todo o pais. Pela sua magnifica beleza foi considerada pela revista alemã " Traum Strände" uma das cem melhores do mundo.

 

fotos | Carnota - Galiza | junho'17

 

 

14
Jun17

a olhar, a olhar, no além

praia d'el rey_abril17_13

 

...

Ó desmaiados 

Sonhos dispersos, vibrações anímicas;

Ondulações de névoa e de penumbra;

Rumores de luar, confusas vozes,

Remota claridade que se alumbra...

Ermas visões, fantasmas solitários;

Espectros de arvoredos e de estrelas,

De horizontes, de mares, de Calvários,

De pedras mortas e criaturas mortas!

Ó fumos espectrais que a Natureza,

Como um incêndio, exala no Infinito,

Trespassais o meu corpo de tristeza,

De alto mistério e perturbante enigma!

E sinto-me a afogar num mar de névoa...

E fico assim, a olhar, a olhar, no Além...

Através deste sol amanhecido,

A Penumbra ancestral, a Noite mãe!

...

 

foto | Praia d'el rey | abril17
texto | in " A Poesia de Teixeira de Pascoaes" de Jorge de Sena - Brasília Editora | 1982

 

 

 

28
Mar17

lugar idílico

 

DSC02884.JPG

 

Em plena serra do Açor, bem próximo de Piódão, situa-se um pequeno óasis natural denominado de Foz D'Égua.

 

DSC02898.JPG

De uma beleza natural ímpar é o ponto de encontro das ribeiras de Chás e do Piódão que correm em direcção ao rio Alvoco, formando uma bonita praia fluvial de águas cristalinas.

 

DSC02900.JPG

Além das pequenas casas de xisto, muito bem recuperadas, existem duas pontes de pedra e uma suspensa à "Indiana Jones", um altar e um presépio que tornam este lugar idílico.

 

 

 

fotos | Piódão | março'17

12
Fev17

eu...

4.jpg

  

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...


Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...


Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!

 

Florbela Espanca

 

foto | Samaná | agosto'10

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.