Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora ...

...à descoberta da plenitude de um instante, eternizando o momento que passou!

andar por fora ...

...à descoberta da plenitude de um instante, eternizando o momento que passou!

mostra-me antes pedras

Éfeso

 

Não me mostre nenhum norte

 

Não me mostres nenhum norte
nem estradas para lá:
são tudo embustes.

 

Mostra-me antes pedras, folhas mortas
de Outono atapetando o chão das matas,
voos de libelinha rasando o sol poente,
cândidas risadas infantis.

 

Quero eu dizer: mostra-me coisas
daquelas que se corrompem sem pressa.

 

António Manuel Pires Cabral

 

foto | Éfeso | agosto'17

dentro de uma casa vazia

fotos  Acrópole de Atenas  agosto'17_5

 


Poema nenhum, nunca mais,
será um acontecimento:
escrevemos cada vez mais
para um mundo cada vez menos,

 

para esse público dos ermos
composto apenas de nós mesmos,

 

uns joões batistas a pregar
para as dobras de suas túnicas
seu deserto particular,

 

ou cães latindo, noite e dia,
dentro de uma casa vazia.

 

Alberto da Cunha Melo

 

foto | Acrópole de Atenas | agosto'17

a caverna

Éfeso_2

 

 

Retive-me numa caverna onde, não encontrando nenhuma conversa que me distraísse, e não tendo, aliás felizmente, nenhuma preocupação nem paixão que me perturbasse, ficava o dia inteiro sozinho fechado num cômodo aquecido, onde tinha bastante tempo disponível para entreter-me com meus pensamentos.

 

René Descartes

 

foto | Éfeso | agosto'17

hoje vou abrir uma delas

moncorvo

 

Os Livros São Janelas

 

Vi um livro no lixo e arrepiei-me pensando que há livros que nascem mortos. Pode-se viver sem ler ? Quem não lê não entra no rio da história e quem lê é como o mar onde desaguam muitos rios. Comprar um livro é sempre como a primeira vez, como quem marca um encontro para receber uma confidência. Uma casa sem livros está desabitada, é uma pensão... Os livros são janelas. Hoje vou abrir uma delas.

 

(Padre) Vasco Pinto de Magalhães, in "Não Há Soluções, Há Caminhos"


foto | Torre de Moncorvo | agosto'17

 

ser feliz

 

DSC08490

 


Ser feliz é ter futuro e é dar futuro. Todos pensamos ser felizes e acordamos todos os dias com esse desejo. Mas ser feliz não é uma sorte, nem é ausência de problemas. É viver com sentido, com coragem, construindo o futuro e dando futuro. Isso depende de mim.

 

Era uma vez um homem que corria e corria pela vida... A vida era curta e necessitava de correr muito para gozar muito e ser feliz. E quanto mais corria, mais necessitava de correr! Descobria sempre mais lugares para visitar! Necessitava encontrar tudo e gozar de tudo. Até que um dia, cansado de tanto correr, parou. Então, a felicidade pôde alcançá-lo.

 

(Padre) Vasco Pinto de Magalhães, in 'Não Há Soluções, Há Caminhos'


foto | Ciutadella | agosto '17

envelheçamos rindo

foto Atenas agosto'17_16

 

 

Velhas Árvores

 

Olha estas velhas árvores, mais belas
Do que as árvores novas, mais amigas:
Tanto mais belas quanto mais antigas,
Vencedoras da idade e das procelas...

 

O homem, a fera, e o inseto, à sombra delas
Vivem, livres de fomes e fadigas;
E em seus galhos abrigam-se as cantigas
E os amores das aves tagarelas.

 

Não choremos, amigo, a mocidade!
Envelheçamos rindo! envelheçamos
Como as árvores fortes envelhecem:

 

Na glória da alegria e da bondade,
Agasalhando os pássaros nos ramos,
Dando sombra e consolo aos que padecem!

 

Olavo Bilac, in "Poesias"

 

foto | Atenas | agosto'17

 

o espelho

Patmos_1

 

 


Esse que em mim envelhece
assomou ao espelho
a tentar mostrar que sou eu.

 

Os outros de mim,
fingindo desconhecer a imagem,
deixaram-me, a sós, perplexo,
com meu súbito reflexo.

 

A idade é isto: o peso da luz
com que nos vemos.


Mia Couto, In Idades cidades divindades


foto | Patmos | agosto'17

 

 

 

Pág. 1/2