Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora

Há pequenos instantes na vida que preenchem o momento. É preciso recomeçar a viagem. Sempre!

Há pequenos instantes na vida que preenchem o momento. É preciso recomeçar a viagem. Sempre!

andar por fora

20
Mar17

pedra sobre pedra

sonia'g

 

1.JPG

Perdida nas montanhas numa encosta da bonita Serra do Açor, no concelho de Arganil, situa-se uma das mais bonitas Aldeias Históricas de Portugal: a aldeia de Piódão.

 

 

2.JPG

Os difíceis acessos é um forte exemplo de como ao longos dos séculos o homem se adaptou aos mais inóspitos e sublimes locais.

 

 

 Piódão é uma aldeia serrana e rural que ao longo de décadas viveu isolada, preservando assim os seus traços culturais que remontam à Idade Média.

 

 

1.JPG

A aldeia aparece destacada no meio de um imenso manto verde...

 

 

 

 ...com o predominante azul das portas e das janelas de madeira...

 

 

 ...o xisto das casas e dos telhados...

 

 

DSC03033.JPG

 ...e também do pavimento das suas sinuosas e estreitas ruas.

 

 

A bela Igreja Matriz pintada de branco com listas azuis contrasta com as cores escuras do restante cenário.

 

 

0.JPG

 As cruzes ombreiras das portas invocam protecção a Santa Bárbara contra as intempéries.

 

0.JPG

As casas estão ordenadas em forma de anfiteatro natural, em socalcos, como se de um presépio se tratasse. 

 

 

 A partir da aldeia existem diversos percursos pedestres para explorar, devidamente assinalados.

 

 

Um local de uma beleza única em Portugal, que merece ser conhecido.

 

 

fotos | Piódão | março'17

20
Mar17

a chegada da primavera

sonia'g

1.jpg

 


Se nunca ficássemos doentes, não saberíamos o que significa a saúde. Se nunca tivéssemos fome, não experimentaríamos a agradável sensação de saciá-la depois de uma refeição. Se nunca houvesse guerras, não saberíamos o valor da paz, e se nunca houvesse inverno, não poderíamos assistir a chegada da primavera. Tanto o bem quanto o mal são necessários ao todo.

 

O Mundo de Sofia

 

foto | açores | abril'12

19
Mar17

é ter na vida uma luz por entre escolhos

sonia'g

 

DSC02797.JPG

 

  

Ter um Pai! É ter na vida
Uma luz por entre escolhos;
É ter dois olhos no mundo
Que vêem pelos nossos olhos!

 

Ter um Pai! Um coração
Que apenas amor encerra,
É ver Deus, no mundo vil,
É ter os céus cá na terra!

 

Ter um Pai! Nunca se perde
Aquela santa afeição,
Sempre a mesma, quer o filho
Seja um santo ou um ladrão;

 

Talvez maior, sendo infame
O filho que é desprezado
Pelo mundo; pois um Pai
Perdoa ao mais desgraçado!

 

Ter um Pai! Um santo orgulho
Pró coração que lhe quer
Um orgulho que não cabe
Num coração de mulher!

 

Embora ele seja imenso
Vogando pelo ideal,
O coração que me deste
Ó Pai bondoso é leal!

 

Ter um Pai! Doce poema
Dum sonho bendito e santo
Nestas letras pequeninas,
Astros dum céu todo encanto!

 

Ter um Pai! Os órfãozinhos
Não conhecem este amor!
Por mo fazer conhecer,
Bendito seja o Senhor!

 

Florbela Espanca in Poesia 1918-1930
Lisboa: Dom Quixote, 1992]

 

foto | Lugar do Ainda | março'17

18
Mar17

o Padrão do Salado

sonia'g

DSC02165.JPG

O Padrão do Salado, de estilo gótico, comemora, de acordo com a tradição, a Batalha do Salado travada em 1340 contra os mouros, no sul de Espanha. Nesta batalha, Afonso XI de Castela solicitou apoio ao rei português Afonso IV. Debaixo do padrão encontra-se a cruz normanda oferecida pelo negociante vimaranense Pero Esteves, residente em Lisboa. A cruz, feita em calcário, foi inicialmente dourada e policromada. Tem numa face Cristo Crucificado e na outra a Virgem. Na base, apresenta imagens de santos. 

 

in Guia da Cidade, Guimarães Turismo

 

fotos | Guimarães | fevereiro'17

17
Mar17

senhora dos pastores

sonia'g

IMG_0715.JPG

IMG_0725.JPG

IMG_0729.JPG

 

A escultura da Senhora da Boa Estrela encontra-se a mais de 7 metros de altura, no Covão do Boi, em plena Serra da Estrela.

Esculpida em baixo relevo foi construida como demonstração de fé local à Santa protectora dos pastores, os quais desde sempre enfrentaram as intempéries agrestes da região.

 

 

fotos | Serra da Estrela | março'17

17
Mar17

andar por ai

sonia'g

há 6 anos que o 

andar por fora 

anda por aqui

 

DSC02959.JPG

 

   

sem placa de sinalização
a vida é algo tão imenso
que não basta encontrar
os melhores caminhos

 

é preciso que o caminho
escolhido deixe sempre
boas pegadas

 

seja nas planícies
nos desertos
nas montanhas
nos pantanais e nos
mangues

 

e que cada vez que
o corpo cansado do
amor feito
ou da distância
percorrida

 

cada vez que a mente
abra as matas cerradas
do coração

 

sobre em nossas
retinas a imagem
do vôo

 

(e não do pássaro)

 

porque viver é voar
no abismo infinito
da pele

 

e na distância entre
os poros e a certeza
que não é nada
disso

 

Lau Siqueira

 

foto | Piódão | março'17

16
Mar17

tesouro escondido

sonia'g

 

0.JPG

Escondida atrás de uma estrada estreita revela-se uma quinta muito bem recuperada, num equilíbrio perfeito entre a antiguidade e a comodidade, um conforto rústico que vale bem a pena conhecer.

 

 

Encontramos uma hospitalidade genuína, difícil de encontrar, repleta de pormenores de cortesia, pequenos mimos que adicionados a todo o ambiente de conforto e harmonia, nos fazem esquecer que o mundo lá fora existe.

 

 

 No espaço exterior há sempre um recanto para descobrir.

 

DSC02806.JPG

 O Lugar do Ainda é mesmo um tesouro escondido para quem ousa escapar das grandes cidades.

 

 

fotos | S. Vicente da Beira | março'17

16
Mar17

o tempo

sonia'g

DSC02343.JPG

   

 

no início era o começo.
o depois veio vindo devagar.
o antes veio depois do depois.
só quando esse se estabeleceu.
no princípio era o agora.
isso demorou até que
tudo virou antes e depois.
então uma revolução peluda
o agora voltou ao trono.
antes e depois viraram
falta do que fazer.
e tanto fizeram
que o agora virou tudo
e o tudo, nada.
de volta ao princípio
o agora congelou.
o antes fica pra depois.

 

Chacal

 

foto | Guimarães | fevereiro'17

15
Mar17

pelas maravilhas das Beiras

sonia'g

 

DSC03027.JPG

  O destino do fim de semana foi a Beira Alta.

 

IMG_0401.JPG

 Sábado partimos cinco mulheres pelos caminhos de Portugal rumo ao Centro, para comemorarmos não o dia da mulher mas a chegada aos 40 de uma grande amiga.

 

DSC02727.JPG

 A primeira paragem foi a Lagoa Comprida para saborear os apetitosos petiscos do nosso piquenique...

 

DSC02720.JPG

 ...e cantarmos os Parabéns à nossa amiga. A ventania, nossa companheira de viagem, dificultou um pouco mas conseguimos.

  

IMG_0607.JPG

 Subimos até à Torre. Havia pouca neve, só mesmo no topo...

 

IMG_0659.JPG

 ...mas ainda deu para uns passeios na neve...

 

IMG_0582.JPG

 ... e fazer o boneco de neve 2017.

 

IMG_0754.JPG

 Ao final da tarde deixamos a serra em direcção à quinta que escolhemos para pernoitar.

 

DSC02788.JPG

 O Lugar do Ainda foi o eleito. Magnifica escolha.

 

DSC02802.JPG

 O domingo começou com um pequeno-almoço delicioso repleto de produtos locais seguido de um agradável passeio pela quinta e pelo riacho.

 

DSC02933.JPG

Saímos em direcção a Piódão seguindo as indicações do GPS. 

 

IMG_0804.JPG 

Subimos e descemos serras e montes, com vistas de cortar a respiração sobre a Serra do Açor e a Serra da Estrela. 

 

DSC02856.JPG

 Adoro conduzir em estradas de montanha, verdadeiras montanha-russas, mas as minhas amigas não acharam muita graça a tanta curva e contracurva.

 

DSC02872.JPG

 Pelo caminho não deu para grandes paragens, o objectivo era almoçar em Piódão. 

 

IMG_0813.JPG

Objectivo falhado quando alcanço o quilómetro 160,4 da estrada nacional 230 em Teixeira. Volto para trás e almoçamos no Restaurante Pedras Lavradas.

 

DSC02864.JPG

 Foi o acaso que nos levou lá, mas foi uma excelente escolha.

 IMG_0815.JPG

Aqui esclareceram que o acesso está condicionado devido a uma derrocada. Inacreditavelmente é uma situação que se arrasta à cerca de três anos.

 

DSC03091.JPG

 Chegadas a Piódão, mais concretamente à Foz d' Égua, estacionei e subimos até à aldeia pelo trilho.

 

DSC02957.JPG

 Como a subida demorou um pouco mais do que estávamos à espera decidimos fazer o percurso inverso de taxi para assim podermos conhecer melhor a aldeia...

 

DSC03065.JPG

 ...mas o único táxi que lá existe não estava de serviço.

 

DSC03066.JPG

 Assim tivemos que voltar pelo trilho...

 

DSC02989.JPG

...e deixar a exploração para uma próxima, senão arriscávamos chegar a casa de madrugada.

 

DSC03081.JPG

 E, perto do final da tarde, regressamos a casa, revigoradas para mais uma semaninha. Foi sem dúvida um fim de semana muito agradável e de exploração do bonito Centro de Portugal.

 

 fotos | março'17

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D