Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

andar por fora

Há pequenos instantes na vida que preenchem o momento. É preciso recomeçar a viagem. Sempre!

29 de Setembro, 2013

origens

sonia goncalves

Capela de Nossa Senhora da Rocha.

 

 

 

 

"Subsistem muitas dúvidas acerca das origens da capela de Nossa Senhora da Rocha, bem como do presumível forte que, inicialmente, aqui existiu....

 

A actual configuração do templo é de difícil catalogação. Por um lado, reaproveitaram-se capitéis tardo-antigos, o que pressupõe uma construção em plena Alta Idade Média. Por outro, as sucessivas obras de embelezamento e de pintura, a par da inexistência de escavações arqueológicas, impossibilitam uma mais rigorosa análise do monumento, o que contribui para as dificuldades de datação e de contextualização estilística da obra.
...
A capela compõe-se de dois espaços essenciais: um narthex rectangular, aberto ao exterior por uma arcada tripla assente em colunas e dois capitéis coríntios datáveis dos séculos III-IV, altura a que devem corresponder também as bases das colunas; e o corpo, quadrangular e coberto por uma cúpula oitavada dominante, sem paralelos aparentes na restante arquitectura religiosa regional. No interior, esta cúpula é coberta por tecto de madeira e articula-se com o retábulo moderno, tripartido, que se ajusta à parede nascente.
...
Parcialmente restaurada pela DGEMN, na década de 60 do século XX, o local continua a aguardar um projecto de investigação coerente e alargado, que permita responder às múltiplas questões que se colocam sobre este insólito monumento."

 

texto retirado do IGESPAR

 

 

FOTO:

Porches

agosto'13