Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

tarde cinzenta

 

DSC09014

 

Tenho medo da tarde cinzenta
porque ela me traz
um enorme desejo de ser infeliz.

 

E nesse instante,
mais que um instante,
a voz grave do coração
me cerca e procuro fugir.

 

Os sinos da minha terra
gritam o pavor corpóreo
do homem que desconheço
e o horror da vida
e do mistério
que sempre me acompanham.

 

Tenho medo da tarde cinzenta.

 

Geraldo Coelho Vaz

 

foto | Son Bou - Menorca | agosto'17