Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

depois que todos foram

      Depois que todos foramE foi também o dia,Ficaram entre as sombrasDas áleas do ermo parqueEu e a minha agonia. A festa fora alheiaE depois que acabouFicaram entre as sombrasDas (...)

a porta

  Eu sou feita de madeiraMadeira, matéria mortaMas não há coisa no mundoMais viva do que uma porta.   Eu abro devagarinhoPra passar o menininhoEu abro bem com cuidadoPra passar o namorado

tarde no mar

  A tarde é de oiro rútilo: esbraseia O horizonte: um cacto purpurino. E a vaga esbelta que palpita e ondeia, Com uma frágil graça de menino,   Poisa o manto de arminho na areia E lá (...)

velho

    acho que valhoa idade dos espelhoso tempero dos saisa metafísica do caise maisum aviário de nausque pediu concordatase passou pelas datasusuário do caos.   Pio Vargas   foto | (...)

violeta

    Não quero a glória.A glória é inveja, quimeras, enganos e intranquilidade.Eu pouparei à históriabanal a minha memória.Mais que os aplausos - enganosa escória -amo um ceptro (...)

o pinheiro

  Elegante talhe de verticalidade.É a altitude. Agreste seiva de resina. É o perfume. Alvas carnes de perenidade. É o abrigo. Verde pulmão de oxigênio. É a saúde. Rico leite dos pinhões.

tempo

    Tempo de pouca poesia,Tempo de angústias,De sonhos desfeitos,De silêncios introspectivos,De conhecimentos mortos,De necessidades arrasantes,De dores variadas,De caminhos inexistentes,D (...)

a beleza nada aprende

    Canto   A beleza não aprende a ser belae vive de ignorarque o tempo a espreita sem a ver.   Antigamente nossos pais nos levavam para ver no campoa madureza da fruta.E no seixo que (...)