Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

sobre o que colhemos

IMG_4343.JPG

IMG_4349.JPG

IMG_4471.JPG

    

Tenho
sempre o cuidado
de separar
o que me faz bem,
do que me faz mal.
E se por ventura
colho, algo ruim
despercebida...
Logo encontro um
meio dele me desfazer.
Aprendi essa colheita
ao longo da vida.
Não se pode empolgar
com belos frutos.
Muitas vezes
eles já têm larvas.
Não se deve beber
de águas aparentemente
cristalinas...
Elas podem
estar contaminadas.
O que quero com isso dizer.
Que nem sempre o belo
é o que mostra ser.
A aparência muitas
vezes nos enganam.
E em nossas colheitas,
precisamos primeiro
entendê-las
de qual sonho,
foi que elas brotaram.
Nem sempre o que surgem
em nossos caminhos,
são nossos sonhos.
E sim...
Sonhos perdidos.
Abandonados
de outros,
que não souberam esperar
a época correta da colheita.
Mas nem sempre indica,
que serão destinados a nós!
Colham apenas o que plantaram...
Ou o que foi plantado a dois!

 

Dayse Sene

 

♥ FOTOS | Ponte da Barca - agosto'16 ♥

4 comentários

Comentar post