Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

o tempo é agora

DSC07185

 

Se tens um elogio a proferir,
é tempo agora.

 

Não aguardes que o vento da morte
desvaneça da areia da vida
o nome que o merece.

 

Se há um agravo pungente a perdoar,
é tempo, é hora.

 

O mais fundo rancor não resiste
a um apelo de braços abertos.

 

Helena Kolody

 

foto | Mar Egeu | agosto'17