Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

colher amoras [pelos caminhos da aldeia]

 

0.JPG

 

Sábado passado foi dia de recuar no tempo e colher amoras pelos caminhos da aldeia. De silva em silva lá fomos apanhando as amoras maduras, doces e suculentas.

 

 

 

A amora silvestre quando madura é doce e preta. É um simbolo do verão. Lembra dias quentes colhendo amoras no caminho manchando as mãos com o seu sumo cor de vinho. Um fruto muito saboroso e ótimo para a saúde.

 

 

7.JPG

 

Amoras amadurecem,

Protegidas pelo verde silvado,

Morenas que não se esquecem,

Irresistíveis que do desejo crescem,

Espinhos afiados a protegem do pecado,

Serão tão amadas sem nunca terem amado,

Por quem as ama sem nunca as ter provado!...

 

…Talvez os espinhos,

Sejam a provação dos caminhos,

Que na espinhosa silva demora,

O prazer de provar uma amora!...

                                  (poema - blog d'Alma)

♥ FOTOS | Alagoa | setembro'16 ♥