Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

chega através do dia de névoa alguma coisa do esquecimento

 

serra da estrela_março'17_7.JPG

 

 

Chega através do dia de névoa alguma coisa do esquecimento,
Vem brandamente com a tarde a oportunidade da perda.
Adormeço sem dormir, ao relento da vida.


É inútil dizer-me que as acções têm consequências.
É inútil eu saber que as acções usam consequências.
É inútil tudo, é inútil tudo, é inútil tudo.


Através do dia de névoa não chega coisa nenhuma.


Tinha agora vontade
De ir esperar ao comboio da Europa o viajante anunciado,
De ir ao cais ver entrar o navio e ter pena de tudo.


Não vem com a tarde oportunidade nenhuma.

 

Álvaro de Campos

foto | Serra da Estrela | março'17
texto | in "Pessoa e Pessoas de Pessoa" - EXINOV Editora | 2010