Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

andar por fora

à descoberta da plenitude de um instante eternizando o momento que passa

cheiro de maresia no ar

IMG_6811.JPG

 

 

Vento sul
No mar
as ondas batiam nas pedras
gaivotas circulavam o barco
pescadores puxavam as redes

A areia fina e clara
pequenas conchas perdidas
uma brisa leve
o cheiro de maresia no ar

Vento sul
natureza em plena harmonia
entardecer uma eterna magia
pôr do sol de se encantar.

Marcelo Labonia

 

♥ FOTO | Lagos | agosto'16 ♥

porta da cerca velha

Arco ou Porta de São Gonçalo, Lagos.

 

0.JPG

 

Monumento Nacional de arquitectura militar, século XIV. Integrada na Cerca Velha, a porta é ladeada por duas torres albarrãs, seguindo modelo comum em fortificações da época islâmica. 

Constituía o principal acesso ao cais do burgo tardo-medieval entre os séculos XIV e XVI e nela desembocava o principal eixo nascente-poente da cidade (actual Rua Miguel Bombarda), unindo a baixa portuária com o bairro alto, onde se situava a Igreja Matriz de Santa Maria da Graça.

 

1.JPG

 

   ♥ FOTOS | Lagos | agosto'16 ♥

 

monumento religioso

Igreja de São Sebastião de Lagos.

 

0.JPG

 

Monumento Nacional. Arquitectura religiosa dos séculos XVI a XVIII (preexistências dos séculos XIV-XV). A primitiva Ermida de Nª. Srª. da Conceição, datada do séc. XVI, que procurou adaptar o espaço gótico a uma ampla igreja-salão. A campanha maneirista do interior foi amplamente sacrificada nos séculos seguintes. Do retábulo-mor primitivo, executado por volta de 1570-1580, conhecem-se quatro tábuas atribuíveis a Álvaro Dias, um dos mais importantes pintores algarvios do séc. XVI. Em 1755, a Igreja de São Sebastião não escapou à destruição provocada pelo terramoto. O registo superior da fachada principal, bem como a torre sineira barroca, devem datar do período pós terramoto.

 

 

 ♥ FOTOS | Lagos | agosto'16 ♥

o que é... um cisne?

0.JPG

 

Os cisnes são aves aquáticas, caracterizadas por um longo e elegante pescoço. Vivem em lagos e pântanos de água doce.

 

 

Estas aves de água doce são as mais pesadas de todas as aves aquáticas, podem pesar até 15 quilos. Mesmo assim, são bons voadores, alguns fazem migrações de milhares de quilómetros. As suas patas são curtas, comparativamente ao seu tamanho, o que lhes dificulta o andamento em terra. Os cisnes fazem grandes exibições antes da cópula, os machos têm cerimónias de triunfo depois de expulsarem, com êxito, os seus rivais. O cisne-preto macho faz turnos com a fêmea na incubação dos ovos, o que geralmente, nas outras espécies, é tarefa da fêmea.

 

x.JPG

 Cisne-de-pescoço-preto

 

 Na rotina quatidiana de um cisne não pode faltar...

 

... um bom cochilo...

 

IMG_5531.JPG

 ... soltar a voz (arensar)... 

 

IMG_5933.JPG

 ... e um delicioso petisco!

 

 ♥ FOTOS | Zoomarine | agosto'16 ♥

património religioso

Igreja de Santo António de Lagos.

 

0.JPG

 

Monumento Nacional. Arquitectura religiosa do séc. XVIII. Igreja muito danificada pelo terramoto de 1755, foi reedificada em 1769 por vontade de Hugo Beaty, Comandante do Regimento de Infantaria de Lagos, que administrava a Confraria de Santo António. O seu interior, de nave única e sem capelas laterais, é ricamente decorado por talha dourada atribuída ao entalhador Custódio Mesquita.

 

1.JPG

2.JPG

    ♥ FOTOS | Lagos | agosto'16 ♥

cidade histórica e genuína

0.JPG

 

Vale bem a pena passar um dia em Lagos, uma das cidades mais genuínas do Algarve. Zona de transição entre a natureza selvagem do Barlavento e o turismo de massa que marca a paisagem do sotavento, é uma das áreas mais diversificadas do Algarve. Do extenso areal da Meia Praia às escondidas enseadas junto à Ponta da Piedade, muitas delas apenas acessíveis por barco, há muito por onde escolher.

 

 

A avenida marginal percorre toda a extensão da cidade, com a marina e praia da cidade de um lado e do outro as praças e ruas que compõem o centro histórico. Uma cidade com história onde as ruas estreitas do centro estão cercadas por muralhas. Há restaurantes e cafés para todos os gostos e alguns deles tem uma vista fantástica sobre a marina de Lagos.

 

 

  ♥ FOTOS |  Lagos | agosto'16 ♥

é preciso ser ave de rapina quase sempre

IMG_5996.JPG

IMG_5997.JPG

 

 

Aves de rapina são silenciosas.
Voam baixo quando precisam.
No alto, aves de rapina estão seguras.
Bote certo. Presa no bico, nas garras.
Retirada estratégica. Sem pio. Se alardes.

 

É preciso ser ave de rapina quase sempre.
Silêncio preserva a sabedoria. Cultural.
Grasnar, só se for bem baixinho. Sussurrado.
Nem toda boa nova precisa ser anunciada.
Há beleza no voo da ave de rapina...

O olho da ave de rapina é fantástico.
Um rato se mexe no chão e o bote é certeiro.
No voo silencioso, a paz perspicaz do silêncio.
Grasnar, só se for bem baixinho.
Aves de rapina precisam de silêncio...

 

Jossan Karsten

 

 ♥ FOTOS | Zoomarine | agosto'16 ♥

 

viver com alegria a festa do desporto

0.JPG

 

A tradição manda que no primeiro domingo de outono aconteça a festa do atletismo na vila de Joane.
O evento, que já vai na sua XVII edição, tem vindo ano após ano a aumentar a adesão da população, quer seja a correr, a caminhar ou a pedalar.
O asfalto da movimentada estrada nacional 206 esvazia-se de automóveis e enche-se de vida com pessoas a andar, a correr ou de bicicleta.
Praticar desporto é essencial para um estilo de vida saudável, por isso, todos, dos mais novos aos mais velhos, marcam presença seja para competir ou apenas para se divertir.
Parabéns à Associação Teatro Construção por mais esta organização.

 

  

♥ FOTOS | Joane - Famalicão | agosto'16 ♥

Pág. 1/4